O que é contabilidade gerencial e qual a importância para seu negócio?

O que é contabilidade gerencial e qual a importância para seu negócio?

Entender o que é contabilidade gerencial é essencial, afinal, ela vem ganhando espaço na gestão das pequenas e médias empresas e assumindo um papel ativo nas tomadas de decisões diárias e estratégicas de um negócio.

Embora os contadores gerenciais forneçam muitas informações financeiras, ela tem direcionado seus esforços para as medidas de desempenho. Desse modo, está presente em todos os níveis para ajudar a organização a atingir seus objetivos e metas.

Para saber mais sobre a contabilidade gerencial e sua relevância para os negócios, continue a leitura!

O que é contabilidade gerencial?

A contabilidade gerencial é o conjunto de técnicas e procedimentos contábeis que, quando combinados, geram dados importantes para o processo de decisão em uma empresa. São considerados os processos de contabilidade financeira, de custos e a análise de demonstrações contábeis.

Com esse conceito, a contabilidade gerencial direciona-se para o usuário interno fomentando planilhas, relatórios e demais ferramentas que produzem dados para comparações, elaboração de orçamento, delimitação do ponto de equilíbrio, mix de produtos, formação de preços dos produtos ou serviços corretamente, metas e objetivos a serem alcançados.

Por meio dela, é possível comparar o seu negócio com os concorrentes e usar as informações do mercado para compreender mais profundamente o setor em que está atuando, podendo até fazer previsões e tendências para o futuro da empresa.

Além disso, a contabilidade gerencial pode ser empregada nas ferramentas de gestão no período em que a organização se encontra, visto que há variadas estratégias usadas para o lançamento, expansão ou busca de novos clientes e mercados.

Como funciona esse processo?

A empresa precisa ter um plano financeiro com valores, metas definidas e execução rigorosa para que a gestão tenha resultados positivos e lucratividade. Isso será viável por meio de recursos da contabilidade gerencial.

Assim, o contador obterá dados úteis na gestão do empreendedor, porque a contabilidade fornecerá ao cliente informações quanto ao que está dando resultado ou não no cumprimento do plano financeiro. Da mesma forma, indicará as medidas a serem tomadas para uma gestão saudável, afinal, os dados são transmitidos ao cliente pelos relatórios detalhados, demonstrando os pontos em que há desperdício de recursos e fontes de lucro.

Qual o papel do contador na contabilidade gerencial para uma gestão estratégica das empresas?

A contabilidade gerencial tem papel fundamental na gestão estratégica da organização, pois tem origem na demonstração contábil, já que determina os custos, despesas, ativos e passivos, detalhando cada movimentação do patrimônio e as variações que podem afetar o empreendimento no futuro.

Dessa maneira, o contador consegue sugerir estratégias de tributação voltadas para a empresa ou para diversos produtos, uma vez que os impostos e regulamentos podem ser usados como diferencial competitivo com alta influência no negócio.

Como o profissional conhece intensamente os números da organização, também aconselha transformações estruturais de processos para trazer resultados positivos, redução de custos ou ampliação da receita com a venda de produtos ou na prestação de serviços. Sendo assim, gargalos produtivos, arranjos variados ou maneiras de contabilização de custos mudarão a realidade da empresa.

Quais suas vantagens e aplicações na empresa para um melhor planejamento, controle e execução?

Quando se contrata um contador para realizar uma contabilidade gerencial, a organização tem o objetivo de tomar suas decisões com mais segurança. Por isso, vale considerar as vantagens obtidas. Veja!

Aumentar a produtividade

Antes de tudo, é preciso entender se os investimentos realizados serão recompensados, para depois pensar em ampliar algo. Logo, usando a contabilidade gerencial, dá para fazer essa análise com o objetivo de saber se a conta finaliza com saldo positivo ou não. Dessa forma, se precisar aumentar a produtividade, é bom considerar os insights proporcionados pela técnica.

Tendo os dados avaliados, servirá de embasamento ou de questionamento para as teorias da gestão perante as formas de ampliação da produtividade. Um exemplo é decidir o quanto é melhor investir na capacitação da equipe do que na contratação de novos profissionais ou na compra de novos equipamentos em detrimento da manutenção dos demais.

Reduzir custos

Nesse quesito, ela também pode ser empregada como ferramenta para redução de custos, por meio de avaliações minuciosas das despesas e investimentos da organização para revelar o que realmente deve ser mantido ou o que é gasto desnecessário. Além disso, a contabilidade gerencial indica os locais em que se deve fazer cortes e investimentos.

Tomar decisões com mais segurança 

O “achismo” e a intuição não têm espaço em uma empresa com gestão eficiente, porque ela tem dados relevantes que mostram o caminho a ser seguido para realizar suas escolhas. Com isso, a contabilidade entrega os números para que haja tomadas de decisões com poucos riscos e mais acertos. Claro que erros ocorrem, mas é algo mínimo em relação a uma gestão desinformada.

Precificar produtos e serviços de forma estratégica

São poucos empreendedores que realmente sabem precificar seus produtos ou serviços, pois muitos pensam que se deve considerar apenas o seu custo para a empresa. No entanto, a precificação estratégica dá importância à demanda, ao perfil do consumidor, à concorrência e à época do ano. Logo, tendo os comparativos, há possibilidade de projetar e experimentar preços atrativos, tanto para os clientes quanto para o negócio.

Realizar uma gestão financeira eficiente

Desse modo, a contabilidade gerencial está ligada à gestão financeira bem-feita de cada área da empresa, para que os números gerem resultados para aquele investimento, assim como para vendas e lucros. Está certo que é uma atividade complexa e que evolui com o crescimento da organização, porém alivia as dificuldades do trabalho e traz mais resultados tanto para dentro das planilhas quanto para fora delas.

Como colocar a contabilidade gerencial em prática no seu negócio?

Para utilizar a contabilidade gerencial na sua empresa, contrate um software de gestão integrada que facilite as ações, aumente o seu controle e que fique tudo em um só ambiente. Também utilize as ferramentas dele para administrar índices contábeis, fluxo de caixa, orçamentos etc.

Além disso, capacite sua equipe e estimule o trabalho em conjunto para uma postura estratégica perante as demandas. Outro ponto é explicar a importância do relacionamento com os contadores para que todos entendam e auxiliem no desenvolvimento do negócio.

Mais uma questão importante é criar processos para a integração dos setores e do escritório de contabilidade. Logo, defina o fluxo de informação, estabeleça procedimentos internos e agende reuniões periódicas.

Ainda, monte relatórios claros e objetivos, com os principais resultados, e deixe eles acessíveis aos interessados. Os profissionais de contabilidade podem auxiliar nesse processo para transformar dados brutos em úteis e de fácil entendimento.

Por fim, caminhe junto à tecnologia, investindo na informatização e motivando o time a se atualizarem, pois nada adianta entender sobre o que é contabilidade gerencial sem colocá-la em prática a favor do seu negócio. Isto proporcionará a sensação de chance de sucesso, como abrirá caminhos para o desenvolvimento de sua empresa.

Agora que você já leu este post, conheça os 6 principais erros na gestão de uma empresa e como evitá-los.